Viagens ao Sub Mundo – Queremos Elogiar!

ronnie-mancuzo-sub

Queremos Elogiar!

Naquele ritmo tímido, sem muito daquele querer de outrora, viajava no mar mais nervoso já visto.

Fossem as velas a direcionar o navio para o lado correto, desde que trabalhadas no sentido devido, ao leme e às remadas mais fortes… o motor.

Quando nada mais faz sentido, a ponto de receber tratamento exclusivo de único fator existente no caminho que se segue, seguir é o que basta. Não se pode afundar.

“Pois nada pesava…”

Navio Calmaria

No alto do mastro, dentro daquela improvisação formada pela metade de um velho e sujo barril e amarras cheias de nós nas grossas cordas castigadas pelo tempo, o marinheiro poderia ser trocado por um marujo de melhor visão para um ‘Terra à vista!’ mais convicto. Fosse o que fosse, seria do jeito que dava. Afinal de contas, não podia mais não dar. E o homem permaneceria ali. Assim como o capitão. Assim como a grande maioria dos marinheiros. Assim como o restante da tripulação.

“Mas nem que se trocasse tudo e todos…”

Que se troque. Que permaneça do jeito que está. De qualquer forma, navegar é o que basta, porque é o inevitável.

“Quero ver como chegará…”

Porque chegar é o imprescindível.

“Este navio não afunda!”

As bombas que lançaram! Muitos canhões inimigos nos acertaram em cheio. Até morteiros…

Até morteiros.

Houve sinais de insubordinação…

Houve insubordinação?

O que houve?

Alguns caminharam na prancha.

“Festa para os tubarões.”

Maldini do Sertão

E existem em alto mar outras embarcações, com piratas fofoqueiros que falam o que veem através de suas lunetas, mas não têm certeza da realidade. A verdade ali de dentro do compartimento do capitão pode não ser aquela que se lê nos manuscritos diversos que surgem nos momentos de tormenta. Por mais que digam que o capitão seja o maior apreciador do ‘rum inglês’.

Aos marinheiros poderia bastar não ler o que não deve ser lido. Proposital analfabetismo geral, momentâneo, por motivo de concentração e reflexão. Porque de nada adianta buscar o que não agrada.

E focar no que seria agradável é o mais saudável. Tornar real o que é bom.

Saber que manter o navio forte o suficiente para chegar onde quer que seja, desde que se chegue, sem afundar, é o único motivo concreto a estar fixo nos brilhos dos olhos de todos da embarcação.

Navio no Horizonte

Que digam aos marujos as palavras certas. Palavras como chaves que ligam os motores mais potentes por estarem na nau mais potente. Isso tudo combina! É tudo ‘um único só singular somente’. Como peças funcionais sublimes de um ‘todo’ forte e vigoroso. Existe ali uma força única que deve ser o destaque eterno a cada passo dado.

Se não acredita, faça outra coisa. Esqueça. Da ‘não fé’ não precisamos.

Ainda mais agora que vi que sabem que não se deve esquecer que nada está como deveria, pois somente parecer ser não é o bastante.

Não adianta só parecer ser…

Tem que ser!

Escudo São Paulo

“A HORA É AGORA!”

Atenção! Vocês são o São Paulo Futebol Clube quando entram em campo. O São Paulo é o que vocês têm de mais importante naquele momento dos 90 minutos de cada partida.

E nós, torcedores, só podemos ficar ainda mais felizes a cada lance de capricho e amor que vocês demonstram.

Gana, fé, determinação, espírito de equipe, respeito, honra!

Podem ter certeza absoluta que a proporção felicidades e elogios pelos bons lances é bem maior que a de xingamentos e maldizeres quando nos ‘erros e desacertos’.

Ganso

Não gostamos de xingar! Não queremos xingar. Não há satisfação quando se constata que determinado jogador ‘não parece ser o ideal’ para a posição naquele momento.

Também não gostamos de xingar presidente de clube. Não gostamos de xingar diretor de futebol. Não gostamos de xingar técnico. Não gostamos de xingar Torcida Organizada.

Preferimos elogiar! Preferimos e queremos elogiar!

Paulo Miranda e Edson Silva

Queremos gritar o nome de cada um dos jogadores na hora da apresentação em campo! Fazer um coro lindo no início das partidas! Vangloriar seus feitos!

Queremos que sejam campeões! Queremos que sejam eternamente gratos por este momento no São Paulo! Queremos agradecer vocês eternamente!

Queremos elogiar vocês!!!

Torcemos pra isso!

Desejamos a maior felicidade do universo para cada um dos nossos jogadores!

Torcemos pela felicidade de cada um.

Temos Fé que serão felizes.

Porque queremos ser felizes, também.

E este é o melhor caminho. Felizes juntos!

Estamos juntos, marujos!

Família do Douglas

Ronnie Mancuzo – Sub

—————————————————————————————————

Um aluno do curso de direito estava fazendo prova oral da disciplina mais difícil do curso:

_O que é uma fraude?

_É o que o senhor, professor, está fazendo!

O professor, revoltado:

_Ora ora… ousado você. Explique-se!

_Segundo o Código Penal: “Comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para prejudicá-lo!”

—————————————————————————————————–

Love Gun é um dos maiores clássicos do rock mundial.

A banda norte-americana Kiss é reconhecida por ter vários de seus trabalhos adicionados às inúmeras listas de hinos do rock!

E é com nosso amigo Jefferson Brito que mandamos o link de hoje:

——————————————————————————————————

Frase do dia:

“Sonhar é acordar-se para dentro.”

Mario de Miranda Quintana (Alegrete, 30 de julho de 1906 — Porto Alegre, 5 de maio de 1994)

93 comentários

  1. Uau ! Sub marítimo ! Ou seria submarino !?

    Agora é a NAU TRICOLOR que saiu da deriva !

    Marinheiro :
    – Terra a vista ?

    Lavador de convés:
    – Não sei, devemos mandar o papagaio do pirata primeiro ?

    Papagaio de Pirata
    – Currupaco ! Currupaco ! Eu me demito !

    Timoneiro
    – As cartas nos dizem : sigam as estrelas ! Digo, digo : demitam as estrelas !

    Contra-almirante
    – Por favor, nos tirem desta tormenta !!!

    Nós em terra
    – SALVE O TRICOLOR PAULISTA !

  2. Poderiam fazer uma coletânea dos textos deste blog e criar um livro de história do SPFC sob a visão dos torcedores….

    Muito boa esta crônica 🙂

    E sobre querer elogiar, me senti representado nisso.

    Sou adulto, maduro, trabalhador, responsável, mas tenho minhas fantasias de menino: constantemente (e mais ainda nos últimos días) me pego imaginando que maravilha seria estar na arquibancada do glorioso Cícero Pompeu de Toledo e, ao lado de 60 mil vozes tão apaixonadas como a minha, gritar o nome de cada um dos jogadores, apoiando, de todos, sem exceção. Até dos mais criticados (Douglas e até Juan, rsrs)

    Sim, eu queria, eu quero fazer isso. 🙂

    Parabéns pelo texto!

  3. Parabéns, SUB! Você é um monstro escrevendo!

    Excelente coluna! É sempre um prazer poder, às terças, ter um tempinho pra acessar o blog e ser o que você escreve. As vezes chega a ser um momento de pura descontração, esquecer dos problemas, mergulhar em outra realidade. Muito bom!

    Parabéns, SUB!

    Aquele abraço!

  4. Que coluna maravilhosa!
    Parabens SUB
    Vc tem o que muitos jornalistas nao tem e jamais terao, pois isso e um dom que nao se aprende em universidade, e um presente divino.

    • Exatamente.
      Basta perceberem que é muito mais preferível elogiar do que ficar criticando, insultando, passando nervoso.
      Claro que muito tem a ver com a fase de cada jogador. Mas queremos ter motivos de sobra pra elogiar. Torcer pelo sucesso de cada um ali é o que já fazemos faz tempo!

  5. “Me recordo muito bem daquela final. O São Paulo foi infinitamente superior, com Raí, Muller e outros jogadores fantásticos. Não tivemos nenhuma ação pra competir com eles, quanto mais para ganhar. O São Paulo dominou o mundo”, lembrou Guardiola.

    Tá aí. Esse é o nosso SPFC.
    Ou talvez só dos que não são modinhas.

    • Boa tarde!

      Infelizmente nossa torcida tomou por hábito ridicularizar nosso time. E nem digo dessa fase que estamos mas qq jogo ruim é motivo pra dizer que temos um catadão, que o time é um lixo e nada presta.

      Agora sim estão sentindo na pele o que é uma má fase. E muitos, muitos mesmo preferiram abandonar o time a ficar “sofrendo a toa”.

      A eles deixo o meu “sinto muito” . Sairemos dessa e na hora que isso acontecer serei a primeira a criticar quem só torce nos bons momentos!

      • Confesso que, mesmo do sofá, abandonei uns bons dois jogos antes do apito final.

        Estava ficando furioso e achei melhor esfriar a cabeça longe daquilo.

        Mesmo sabendo que levaremos um tempo (talvez longo) para nos reconstruir, estarei torcendo. Tenho certeza que iremos triunfar novamente!

      • É isso mesmo, Katita! Torcedor torce nos bons e maus momentos! Como a palavra diz, torcer eh acreditar que o melhor virá, mesmo q o horizonte pareça uma tormenta prestes a engolir nosso barco. Uma coisa q nunca esqueço e que quando tinha uns 12, 13 anos, eu era o único dos meus amigos a usar a camisa do SP na rua depois de derrota. E uma coisa q não faço, por raiva de quem faz, é usar camisa após a vitória. Uso no dia dos jogos, em dias variados, após derrotas, mas nunca após vitória…

      • Darfe, eu tbm fico com bronca, as vezes fico dispersa e houveram vezes até que eu dormi na metade do jogo.

        Como sei que muita gente já fez isso tbm.

        Isso acontece mesmo. Mas meu apoio se mantém intacto e assim continuará. Tô falando de virar as costas pro time, abandono mesmo. Falar que só vai acompanhar qdo esse ou aquele sair, que não dá mais e afins.

        Isso pra mim é sem cabimento algum.

  6. Excelente coluna Sub! Parabéns!

    Lendo a sua coluna me veio a seguinte comparação: Seria o São Paulo o Titanic do futebol brasileiro? Pelo menos na cabeça do JJ e cia acho que sim

      • se o pior ocorrer será sim. Não vejo ngm da diretoria se mexendo pra reforçar o elenco, nos tirar da situação atual. A não ser q estejam agindo na surdina

        Sempre me mantenho pessimista Katinha, até pra tentar a tal da zica invertida! Sei que o futebol melhorou bastante contra o Corinthians, mas pra subir na tabela o elenco precisa de reforços pra ontem

    • Uai…o Titanic já voltou alguma vez do fundo do mar?

      O São Paulo não naufragou, e nem vai naufragar, pode até navegar por águas traiçoeiras e em meio a tempestades violentas…sofrer avarias, mais nunca afundar como o Titanic.

    • Bom, o São Paulo não é de divulgar quem está contratando. Isto sempre foi assim.

      Fora que estamos em meio a uma excursão, nosso técnico está reorganizando a casa. Uma coisa de cada vez seria o correto não?

      Vcs nao reclamam tanto de falta de planejamento? Então, sair contratando qq um que aparecer(até pq nao tem quem contratar mesmo) demonstra falta de planejamento tbm.

      Já te disse várias vezes que pessimismo não leva ninguém a lugar algum. E esse lance de zica invertida não existe. Vc deve olhar com pessimismo pq tem medo de se frustrar caso seus bons pensamentos não se concretizem.

      Frustrações tbm fazem parte da vida e nos ensinam muita coisa.

      Mas, cada um escolhe o caminho que quer seguir. Se vc me pedisse um conselho é o que eu te falaria. Porém vc é livre pra pensar como quiser.

  7. Tarde pessoal,

    Sub, não dá pra deixar de prestigiar sua coluna quando encontro um pequeno tempo!!!!

    Parabéns amigo como sempre seus textos tem sua identidade a cada parágrafo…

    A fase e ruim? SIM muito!!!

    Mais nada muda o meu sentimento em relação ao São Paulo acredito que tudo o que amamos profundamente converte-se em parte de nós mesmos, tenho certeza que vamos ressurgir das cinzas firme e forte….

    São Paulo você e o meu amor….

  8. A produção literária deste blog está cada vez melhor. Daqui uns anos, como um colega disse acima, poderá lançar um livro de crônicas.

    Ótima coluna Sub.

  9. A vantagem de ter um torcedor cuidando do departamento de futebol, é que el pode muito bem frequentar este blog e pegar informações diretamente do torcedor, ele é jovem, deve ser ligado a internet e comunidades virtuais… vai dar liga.

  10. Já consigo até ver os que vão “subordinar” os responsáveis pelos barcos de salvamento para conseguir um lugarzinho e deixar uma criança ou uma mulher pra trás em caso de “avarias no barco” em uma tempestade mais forte.

  11. Jamais abandonaria meu clube, até se fosse pra série D!

    A má fase é que fortalece o vínculo com o clube! Pelo menos no meu caso. Acreditem, estou usando muito mais a camisa do clube, procurando notícias e torcendo da minha maneira do que no período de vacas magras de 2011 e 2012.

  12. Sub, parabéns pela coluna! Texto excelente as always!

    Gosto muito da forma como você escreve, pois me é bastante familiar o cunho literário, e isso me tira um pouco dessa realidade complexa e complicada que vivemos (digo a vida em si).

    Que nosso tricolor se banhe nas águas da poesia e entre em campo com a magia de outrora! (Ficou meio estranho essa frase, mas tudo bem rsrs)

  13. Leandro disse:
    30 de julho de 2013 às 15:37
    Não me venha com tiradas sem graças pq não temos essa intimidade toda… longe disso.

    Blz, até prefiro assim não ter “intimidade” com vc como vc mesmo disse.

    Não foi uma tirada…fei fazer bem melhor quando quero tirar, foi minha opinião só isso.

    Passar bem!

  14. Leandro disse:
    30 de julho de 2013 às 15:15 (Editar)
    Excelente coluna Sub! Parabéns!

    Lendo a sua coluna me veio a seguinte comparação: Seria o São Paulo o Titanic do futebol brasileiro? Pelo menos na cabeça do JJ e cia acho que sim
    —————————————
    Oloco, Le… Titanic a gente sabe que afundou. Melhor nem comparar.. hehehe
    Valeu pelas palavras, meu amigo!

  15. Jeffão

    Se bem q analisando friamente ano a ano do SP, o período de vacas magras seria apenas 2011

    2009: O Tricolor vinha de vários títulos seguidamente, e a campanha do 3º lugar no BR foi mais do que satisfatória, até pq sabemos que não deixariam o SP levar de novo, tanto que fatores externos interferiram (STJD, punindo o Dagoberto e o Hernanes acho);

    2010: Tb acho injusto criticar o time, que chegou até a semifinal com o Inter da Libertadores, caindo apenas pelo fator do gol fora; estava no Morumbi naquele jogo e o time lutou até fim, tendo o reconhecimento do torcedor pós jogo

    2012: Teve a Sul Americana como vc bem me lembrou. Não fosse o Tigre figur teria levado 5×0. Além bela arrancada no BR-12, que nos levou pra Libertadores e nos deu o simbólico, mas válido título do returno.

  16. Fábio disse:
    30 de julho de 2013 às 15:37 (Editar)
    A vantagem de ter um torcedor cuidando do departamento de futebol, é que el pode muito bem frequentar este blog e pegar informações diretamente do torcedor, ele é jovem, deve ser ligado a internet e comunidades virtuais… vai dar liga.
    ————————————————–
    Fabio, como seria fantástico que os jogadores sentissem na alma o quanto desejamos o melhor pra cada um…
    Desejamos o sucesso de cada um ali em campo, no banco de reservas, nos próximos jogos…
    Eles precisam saber disso!
    Estamos juntos!

  17. Foi todo mundo passear na Europa e não ficou ninguém pra negociar com a Portuguesa o lateral. E agora ele vai jogar quarta-feira.
    O São Paulo é rei em dormir no ponto em negociação.
    Se já é difícil negociar um jogador mediano como esse imagina um jogador de alto nível? kkk
    http://www.lancenet.com.br/minuto/Candinho-Luis-Ricardo-Portuguesa-joga_0_965303625.html

    Guilherme Palenzuela ‏@gpalenzuela 3 min
    Luis Ricardo foi oferecido pela Lusa ao SPFC no empréstimo de Cañete. Era barato, SPFC não quis. Agora ele renovou, é caro e SPFC quer.

  18. Boa tarde a todos.

    Apesar de ter criticado e, de ainda criticar o péssimo planejamento feito por JJ e seus aliados. Não há outra alternativa, que não o apoio irrestrito ao time.

    A maior parte dos jogadores contratados, está ai porque bem ou mal foram contratados por JJ, e precisam de apoio, fato que não vem e não virá da Imprensa e muito menos da Diretoria do Clube, vulgo Juvenal.

    O juvenal não está nem ai para o SPFC, então quem tem que tomar as rédeas da situação, são o elenco, a comissão técnica e os torcedores.

    Apesar do time ser mediano, tem muito jogador nesse time, que merece nosso apoio. O elenco, o Paulo Autuori merecem nosso apoio.

    Espero, sinceramente, que todo time, comissão técnica, junto ao novo Gestor de Futebol, Gustavo e o novo Diretor de Futebol, possam não só tirar o SPFC dessa situação, como também levar o SPFC a uma heroica classificação a Libertadores 2014.

  19. Sub disse:
    30 de julho de 2013 às 16:13
    hahahahaha
    ahahahaha
    ahhahahahaha
    Frase fodástica no final do seu comentário!
    hahahahaha
    Valeu por prestigiar, Allan!
    Abração!

    É sempre bom prestigiar textos q valem a pena! Acho o melhor do blog, com todo respeito ao outros colunistas.

    A frase veio pela inspiração do texto rs. E se tiver esse compilado de textos, já inclua meu nome na lista de solicitantes de compra!

    Abração!

  20. Que texto mais bonito, poético e otimista! A analogia com a nau é perfeita e deu até um ânimo pra (voltar a) apoiar. E o papel da torcida deve ser esse, mesmo, embora, muitas vezes, não seja tarefa fácil. Continuemos, ‘apontando pra fé e remando’, rs.

    Demais, Sub lindo! hehe

Deixe uma resposta