Preleção Copa do Brasil Sub-17: São Paulo x Sport

COPABRASILSUB17

O time juvenil do São Paulo enfrenta hoje um dos melhores times dessa Copa do Brasil, o Sport. O confronto é de dois jogos, e o critério do gol fora de casa acontece como na competição profissional. O Tricolor vem de uma vitória de virada em cima do bom time do Criciúma, por 4 a 1, com destaque para o excelente técnico Menta, que mexeu bem na equipe e fez com o que o time fizesse quatro gols em um tempo só e garantisse a classificação. Se vencermos por dois gols de diferença avançamos automaticamente de fase.

O time do São Paulo tem simplesmente nove jogadores de seleção, e tem como maior destaque o atacante Joanderson, que vem fazendo muitos gols e o lateral/volante Auro que tem como principal característica a boa marcação além de ser muito voluntarioso na armação de jogadas e saída de bola. Com quase todo o time já tendo sido convocado para as seleções de base, o São Paulo luta para encontrar o entrosamento e a formação ideais, além de carregar a responsabilidade de ser o bicho-papão do torneio juvenil.

O Sport vem embalado pela boa vitória sobre o ABC fora de casa, e aposta principalmente em Everton Felipe, que completará 16 anos no próximo domingo e que é considerado uma das maiores joias do time de Pernambuco. Cogitado para defender a seleção sub-17, o habilidoso camisa 7 chegou a ser sondado para reforçar o Tricolor do Morumbi após ótima participação na Copa Rio. Outros três destaques do time são o zagueiro Jobson, outro da geração de 1997, e o meias Léo Araújo e Garrido, ótimos marcadores e bastantes técnicos na saída de jogo. Remyson, meia canhoto de habilidade, é apenas opção de Lasalvia.

O Sport é um time que usa muito da velocidade para atacar o adversário, suas saídas em contra ataque costumam ser mortais, é um time que se movimenta muito no ataque onde seus atacantes costumam trocar de posição para enganar a defesa adversária, o meia troca muitos passes fazendo com que o adversário tenha que ter muita paciência para roubar a bola. O São Paulo busca sempre trabalhar a bola através do meia Boschilia, e encaixa ataques pelos lados do campo com seus atacantes selecionáveis, Ewandro e o já citado Joanderson, que neste ano, aliás, passou a jogar com uma outra função, bem mais um meia-atacante do que um ponta-esquerda, como jogava no ano passado. Como o Campeonato Pernambucano Sub-17 ainda não começou, o Leão da Ilha pode apresentar dificuldades com o ritmo de jogo e cansar no segundo tempo. Ponto a ser explorado pelo Tricolor.

4 Curiosidades do São Paulo:

·         Boa notícia para o São Paulo: nos 7 jogos que fez fora de casa no Paulista Sub-17, o Tricolor fez gol em todos eles. E mais: ficou invicto. Foram quatro vitórias e três empates, somando 23 gols marcados (média de 3,28). Jogando em Cotia a campanha é de cinco vitórias, um empate e uma derrota também em sete jogos, tendo anotado incríveis 38 gols (média de 5,45 !!!!).

·         Gabriel Machado e Auro são os únicos atletas do time com cartões amarelos. Para ser suspenso no torneio juvenil, porém, são necessárias três advertências.

·         A dúvida para a escalação que o técnico Menta mandará a campo é sobre o posicionamento de Auro. Convocado para a seleção da categoria como lateral, deve voltar a atuar como meio campista ou até mesmo como um ponta aberto pelo lado direito, fazendo dobradinha e cobrindo Foguete no setor. Assim, o esforçado Pedro Bertoluzo perde a vaga e o time abre mão de jogar com três atacantes de ofício. O volante (e, novidade, também selecionável) Gustavo Hebling também é duvida. Felipe Araruna deve jogar.

·         Talismã nos últimos jogos, é bom ficar de olho no atacante João Paulo Moares. Canhoto, muito forte fisicamente e com ótima finalização, a comparação com Hulk parece cada vez mais inevitável. Do banco também três jogadores tentam dar a volta por cima no clube: o volante Robertinho, ex-Santos, o meia Léo Prado (lembra o Léo Gonçalves) e o atacante Bruno Pereira, que chegou a defender a seleção sub-15 mas perdeu espaço devido a lesões.

4 Curiosidaes do Sport:

·         O treinador é o ex-atacante do Náutico , Fernando Lasalvia, que dirigia o infantil do Timbu em 2010 (de lá trouxe o atacante Gabriel Arraes) e chegou ao Sport em seguida. Assim como Menta, montou e dirige a geração /96 desde a categoria sub-15.

·         A equipe foi a sensação da Copa Rio Sub-17, disputada no primeiro semestre, com 100% de aproveitamento na primeira fase, vencendo inclusive o Grêmio. Nas quartas, eliminou o América-MG (o melhor de MG na categoria) e caiu diante do Vasco, invicto, após empate por 2×2 no tempo normal e dominando completamente o adversário. Campanha final: 5J – 4V – 1E- 13GP – 3GC.

·         Conta com três jogadores nascidos em 1997, ou seja, completam ou completaram apenas 16 anos em 2013 e têm mais um ano na categoria juvenil no time titular: Lucas Amaral, Jobson e Everton Felipe.

·         Os atletas são considerados experientes para a categoria, já que cinco deles estavam entre eram titulares do time na disputa do Campeonato Brasileiro Sub-17 do ano passado. São eles: Matheus Rosas, Léo Araújo, Neto, David e Gabriel Arrais (centroavante que vem sendo reserva neste ano). Garrido e Anderson também faziam parte do plantel. [Campanha: 1V – 1E – 1D – 4/5 num grupo com Cruzeiro, Santos, Ponte e Cerâmica]. No Estadual Juvenil 2012, time parou nas semifinais, diante do Santa Cruz.

Prováveis escalações:

São Paulo:

Éder; Foguete (Pedro Bortoluzo), Wellington Pereira, Lucas Kal e Gabriel Machado; Gustavo Hebling (Araruna ou Léo Coca), Matheus Queiroz, Auro e Gabriel Boschilla; Ewandro e Joanderson.

Técnico: Menta

Sport

Lucas Amaral; Sinho, Francisco Dias, Jobson e David Kleber; Matheus Rosas (Neto), Léo Araújo e Mateus Garrido; Everton Felipe, Joelinton (Gabriel Arraes) e Anderson Costa.

Técnico: Fernando Lasalvia.

Por: Jonatan Androwik e Rômulo Maia

16 comentários

    • Mas foi uma excelente iniciativa.
      Como eu estou numa baita expectativa em relação ao jogo contra o Inter, jamais esperava essa preleção.
      Faça sempre.

  1. Nossa, que montagem bizarra dessa defesa!

    Rodrigo Caio de lateral direito, Lúcio e Tolói na zaga, Douglas de lateral esquerdo e o Paulo Miranda de líbero/3º zagueiro a frente da zaga.

    Vamos torcer pra dar certo!

Deixe uma resposta