megafone5

A pergunta que todos estão fazendo ultimamente é: o que aconteceu com o São Paulo? Um time que sempre se orgulhou de possuir a melhor estrutura do país, os melhores profissionais e, além disso, um elenco competitivo que era acostumado a ganhar títulos, atualmente é motivo de piadas de comentaristas esportivos e torcedores rivais!

Antes da partida contra o Vitória, estava revendo os melhores momentos da final contra o Atlético Paranaense, na Libertadores de 2005, algo emocionante não apenas pela conquista, mas pela postura dos jogadores dentro de campo, essa era a diferença, os atletas tinham orgulho e vibravam vestindo o manto Tricolor.

N√£o da para n√£o se emocionar com o Fab√£o, zagueiro extremamente voluntarioso, chorando ao marcar o segundo gol! Dava orgulho ver o consagrado e pentacampe√£o Luiz√£o, tentando permanecer mais alguns minutos em campo antes de ser substitu√≠do, parecendo pressentir que seu gol estava pr√≥ximo! Isso sem citar a vibra√ß√£o do Cicinho, as incans√°veis subidas do J√ļnior pela lateral esquerda, a garra do Lugano, enfim, era um time com alma, com sede da vit√≥ria e isso falta no S√£o Paulo de hoje!

O que mudou? Por que hoje em dia o São Paulo não é mais exemplo a ser seguido?

O S√£o Paulo se acomodou. Hoje temos o ditador e j√° folcl√≥rico Juvenal Juv√™ncio tomando todas as decis√Ķes importantes, como se ele fosse maior que o S√£o Paulo. O poder tem que ser c√≠clico, a continuidade de Juvenal foi o empurr√£o que faltava para colocar o Tricolor no mesmo n√≠vel dos outros clubes do pa√≠s!

Perdemos profissionais importantes e competentes como Carlinhos Neves. Jogadores que antes sonhavam em jogar pelo S√£o Paulo, n√£o possuem mais a mesma gana de outrora e tudo isso foi minando a gl√≥ria do time que nos √ļltimos anos teve apenas um ‚Äútapa buracos‚ÄĚ com o t√≠tulo da Sulamericana do ano passado porque t√≠nhamos um Lucas jogando muito.

O faro e o bom senso de Juvenal n√£o s√£o mais os mesmos e temos exemplos disso nos √ļltimos cinco anos:

– N√£o aceitar um proposta milion√°ria da Roma pelo Richarlyson, jogador extremamente estabanado, que fez um √ļnico campeonato muito bom pois jogava ao lado do Hernanes e depois perd√™-lo de gra√ßa para o Atl√©tico Mineiro.

– Trocar Arouca por Rodrigo Souto.

– Vender o Jean para o Fluminense. O jogador sempre foi um dos mais dedicados no SPFC e se prejudicou muito por ter que sempre ser improvisado.

Essas s√£o apenas algumas das p√©ssimas manobras do ditador, sem contar com entrevistas vergonhosas, contrata√ß√Ķes p√≠fias e arrog√Ęncia intermin√°vel! Esse √© o atual Juvenal Juv√™ncio, homem de extremo sucesso que n√£o soube a hora de parar causando todo o retrospecto do time atual.

Temos um Rogério Ceni visivelmente abatido, laterais inoperantes, uma zaga fraca e exposta. Volantes que não se encontram, apesar de serem muito bons individualmente. Ganso não encontra seu melhor futebol e Luis Fabiano não corresponde mais como antes.

Agora deixo a pergunta: será mesmo que apenas Paulo Autuori vai conseguir reverter toda essa situação?

F√°bio Chezzi