Fabrício pode estrear diante do Paulista / Apesar de revés, campanha Tricolor é superior aos anos anteriores

A chegada do t√©cnico Paulo Autuori, apresentado nesta quinta-feira (11), deu vida nova ao meio-campista Fabr√≠cio. Afastado pelo ex-treinador do Tricolor, Ney Franco, o volante teve o primeiro contato com o restante do elenco ap√≥s dois meses treinando afastado. Nesta tarde, j√° sob os cuidados do novo comandante, o camisa 25 p√īde matar a saudade da bola e dividir o campo com os companheiros.

“Foi bom rever o pessoal. Tem algumas caras novas, como os garotos que subiram da base e a rapaziada que chegou do interior, e eu ainda n√£o tinha convivido com eles. Foi legal reencontrar os mais velhos e contar com o carinho de todos”, revelou o jogador, de 31 anos, que n√£o esconde a ansiedade de poder vestir a camisa tricolor novamente.

“A minha motiva√ß√£o √© a de sempre e quero ajudar o time. A equipe passa por uma situa√ß√£o dif√≠cil e precisamos estar sempre preparados. Jamais podemos aceitar essa situa√ß√£o, porque um clube grande como o S√£o Paulo tem que estar sempre ponta da tabela”, completou o marcador.

Desde o dia 10 de maio, quando foi afastado do restante do grupo, Fabr√≠cio fazia atividades f√≠sicas com o preparador S√©rgio Rocha. E de acordo com o atleta, sempre elogiado pelos l√≠deres da equipe, o primeiro contato com Paulo Autuori deu novo √Ęnimo para seguir firme no S√£o Paulo.

“Tivemos uma conversa e ele quis saber como eu estava. Estou bem fisicamente e esse trabalho com o grupo ser√° essencial. Fiquei um tempo sem treinar com bola, mas rapidamente conseguirei aprimorar a parte t√©cnica. Agora, de volta ao time, estou mais motivado e confiante”, concluiu.

Fonte: Site Oficial